Sinusite Crônica

A sinusite crônica ocorre em pacientes com alteração na fisiologia do nariz e nos seios da face. Caracteriza-se fundamentalmente por causar obstrução nasal crônica e cefaleia.
Por se tratar de uma doença com poucas queixas e, via de regra, não muito intensa, nem sempre é fácil estabelecer o diagnostico. Não é suficiente colher um bom histórico e um exame otorrinolaringológico para se confirmar o diagnóstico. Nas suspeitas de sinusite crônica, solicitamos rotineiramente os exames de videonasofibroscopia e uma T.A.C. de nariz e seios paranasais para precisar o diagnostico.
O tratamento dirige-se à causa do problema (desvios do septo nasal, hipertrofia dos cornetos, pólipos nasais, hipertrofia do processo uncinado ou Lulla etmoidal, etc). As rinites alérgicas não tratadas são comuns e podem levar a ocorrência de sinusite crônica.
Para resumir a sinusite crônica representa um distúrbio na fisiologia nasal e na dos seios paranasais provocado por doença ou problema anatômico dessas estruturas. O tratamento consiste em combater e tratar corretamente as causas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.