Hipoacusia Sensório-Neural

A perda de audição sensório-neural é normalmente multifatorial; e, quase sempre, de causa dificilmente identificável.

A diminuição auditiva pode ser leve, moderada, severa ou profunda. Pode também acometer um ou ambos os ouvidos; e pode ser, também, simétrica ou assimétrica. As perdas podem ser do tipo súbitas ou progressivas; podem dever-se a causas fácil ou dificilmente identificáveis; e, podem também, dever-se a um ou a vários motivos. Uma ampla verificação é imprescindível para que o médico adote a melhor forma de conduzir o caso.

A audiometria é o exame prioritário. A partir dela – e da história do paciente – o médico decide se encerra a investigação da causa do problema; se acompanha a evolução; se trata o paciente; ou prossegue com a investigação.

Embora o tratamento dependa da causa e, na maioria das vezes, essa causa não seja identificada, é preciso afastar os eventuais motivos e tratar as causas identificadas – como por exemplo, as doenças sistêmicas (HAS, diabetes, Hipo ou hipertireoidismo, etc.). Além disso, em função da gravidade da perda da audição, se essa perda estiver atrapalhando a qualidade de vida do paciente, o ouvido deverá ser protetizado.

Acima de tudo, paciente deverá fazer acompanhamentos periódicos, com exames audiométricos anuais, para saber se a perda é, ou não, progressiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.