Amigdalite Caseosa

Amigdalite Caseosa - Otorrinolaringologia

A amigdalite crônica caseosa não é uma doença, mas um problema anatômico-social. Caracteristicamente as amígdalas caseosas são cheias de criptas (buracos), onde o alimento se acumula. O alimento apodrece, com o passar do tempo: essa é a maior causa de mau-hálito nos consultórios médicos. O paciente percebe bolinhas brancas que se desprendem com mau-cheiro. Ao exame, verificamos amigdalas normalmente hipertrofiadas e criptas com alimento no interior.

Gargarejos com soluções higiênicas – como cepacol e listerine – podem ser atenuantes, mas não a solução. Cutucar as amigdalas no intuito de tirar o caseum também não resolve e pode provocar infecção. Feito o diagnóstico, retirar as amígdalas é a única forma de solucionar o problema definitivamente.

Segundo as nossas diretrizes, a indicação da cirurgia é o próprio paciente quem faz: se o incômodo for pequeno, nada se fará; mas se isso representar um grande incômodo e o paciente quiser realmente resolver o problema, nossa orientação será no sentido de que sejam retiradas as amigdalas (ver amigdalectomia).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.